Publicidade

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Mateus Solano recebe posto de Embaixador de Boa Vontade para combater discriminação de pacientes de Hiv/Adis

Mateus Solano vai ocupar o posto de embaixador pela Boa Vontade do Programa  Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS. Nesta sexta-feira (22), ele participa oficialmente da cerimônia para começar a luta contra o preconceito e a vulnerabilidade dos pacientes soropositivos para o vírus no Brasil.
Além do ator, também marcam presença no evento outros responsáveis pela causa. Luis Loures, Diretor Executivo Adjunto do UNAIDS, também é um dos convidados e falou sobre a parceria com o ator. “Solano conseguiu dar atenção à temática da discriminação que sofrem os homossexuais!”, declarou o executivo.
“É uma honra ser Embaixador de Boa Vontade do UNAIDS”, disse Mateus Solano. “Agora, mais do que nunca, é necessárioconscientizar o público, principalmente os jovens, sobre as melhores formas de prevenir o HIV e tratar a AIDS—e sobretudo de acabar com qualquer espécie de discriminação”, afirmou.
Segundo dados de pesquisas no Brasil, o número de brasileiros com o vírus subiu 2% em 10 anos. Apesar do índice ser pequeno, o valor representa mais de 200mil casos entre 2012 e 2013 e alerta os brasileiros sobre a epidemia do vírus – que chegou no país no final da década de 1970.
A maior incidência ainda é entre homens gays e o número entre os jovens é o que mais aumenta. Por isso, a imagem de×Solano se fez importante, já que a figura de Félix, em Amor à Vida foi importante para combater a discriminação e a homofobia no país. Ao lado de Thiago Fragoso, o ator protagonizou o primeiro beijo gay no horário nobre da ×Globo nas últimas décadas, o que foi comemorado pela sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Total de visualizações de página